Siga-me.

29 de junho de 2006

Regina Bizarra Casé...

Eu tenho uma antipatia gratuita por essa moça.
Aliás, gratuita não: é por essas e outras aí...
Olha que aberração, que coisa mais ridícula!
Parece um liquidificador com aquelas capas de antigamente..hehehe..
Elegeram-na agora a "Rainha da Periferia"..hehehe..
Sacanagem da galera, exposição à bizarrice, só pode.

5 comentários:

Gabriel Ferreira disse...

Turista da periferia, onde toda forma de passeio se torna um pedacinho de cada coisa bonitinha da pobreza dentro da muchila... Carência de quem não tem história para contar.

sergio m. disse...

Tá assim... bota pobre na telinha pra rico ver como é o miserê. Vão se ph... rebanho de f.d.p.!!!
(teu blog é de nível máximo. Desculpe pelos palavrões)

De Tudo de Helena disse...

Hipócrita...demagoga..pra ser bem clichê..
Sai do Hotel dela pra fazer demagofia numa periferia fudida.
Precisa se preocupar em baixar ou aumentar nível nenhum não, meu amigo Marcone. Fique a vontade!..hehehe...:*)

Pequenos Escritos disse...

Com esse lance de cultura nacional da periferia ela se fornou mais insportável ainda. Onde já se viu chamar arrocha, funk e companhia de cultura??

Cândida Bárbara disse...

estou em falta né? Mas tô voltando...Concordo contigo Regina Casé é, no mínimo, constrangedora. E esta apologia ao mau gosto musical me irrita...
beijos

Ps: Passa lá no meu