Siga-me.

17 de julho de 2006

Meninohomem.

No menino, sonho. No homem, lucidez.
No menino, Neruda. No homem, prazer.
No menino, sorriso. No homem, mãos.
No menino, Vinícius (de Moraes). No homem, palavras.
No menino, carinho. No homem, proteção.
No menino, o ingênuo. No homem, desejo.
No menino, ir. No homem, voltar.
No menino, Rimbaud. No homem, sentidos.
No menino, protestos. No homem, silêncio.
No menino, beleza. No homem, cérebro.
No menino, coração. No homem, aquela razão.
No menino, eu. No homem, eu.

(Para V. Moraes. Pelo 14/07).

Nenhum comentário: