Siga-me.

3 de agosto de 2006

Fonte: www.videversus.com.br

GENERAL LIBANÊS ACONSELHA QUE ISRAEL
CONTINUE LUTANDO CONTRA O HEZBOLLAH

O general Antoine Lahad, ex-chefe das forças libanesas no sul do país, da comunidade cristã, aconselhou Israel a continuar a ofensiva militar contra o Hezbollah. Disse ele: "A guerra é difícil, mas é proibido recuar, pois, se fizer isso, o preço será muito alto. Em cinco ou seis anos o Irã transformará o Líbano em um 'estado khomeinista'". Lahad se referia ao aiatolá Khomeini, o líder religioso que, em 1979, fundou a República Islâmica do Irã, cujo presidente, Mahmoud Ahmadinejad, disse há alguns meses que "Israel deve ser riscado do mapa": "Vocês estão em um conflito com uma organização terrorista que se esconde em casas e florestas, pessoas que conhecem o terren o e por isso costuma surpreender seus soldados. Eles usam a população civil, mulheres, crianças e idosos para seus fins, e não vêem problema em transformá-los em escudos humanos".

Nenhum comentário: