Siga-me.

16 de agosto de 2006

Zuzu e Elke.

Fui ao cinema hoje ver "Zuzu Angel".
Achei o filme fraquinho.
Fiquei tentando sugar ao máximo, até por conta da paixão que sempre nutri por essa história, e por tudo que se refere à época de ditadura, repressão política, etc, onde parece ter existido em outro país, que não o Brasil, quando olho ao redor hoje e vejo tanta cabecinha vazia, tanta falta de patriotismo, tanto descaso.
Bem, posso estar sendo injusta, mas, o filme é fraquinho. A história dela é intrigante, mas...não vi novidade nenhuma. Bom que se mostrem pinceladas ainda dessa história, mas acho que esse pessoal vai entrar e sair do cinema do mesmo jeito.
.............................
A começar que tenho me irritado ferozmente com a falta de educação das pessoas sempre que vou ao cinema. É, sou chata com isso mesmo. Parece que vão ao circo. Entram com crianças, entram e continuam conversando alto, principalmente as mulheres, imbecis, mal-educadas, sem costume. Mudei de lugar três vezes. Até achar um lugar que não tivesse nenhum macaco de auditório do meu lado ou atrás.
Uma moça atendeu o celular que tocou com o toque de "Marinete", daquela série "A Diarista" e ficou conversando horrores..outro, idiotinha, que AI5 pra ele deve ser algum game, algo assim, ficava a cada tres frases ditas pela boa atriz Patricia Pillar, comentando. Outras duas, parece que trabalhavam num hospital e eu sei tudo que se passa em todos os leitos do mesmo hoje.
Acho que deve ter sido isso que motivou um cara uma vez pegar uma metralhadora e sair atirando...será que foi?...porque, com exagero e tudo, fico tão chateada, que me dá vontade de sair subindo pelas cadeiras, pulando em cima deles, gritando: "Rebanho de mal-educados!..vão pro circo, seus imbecis!"..adoro a telona, mas..melhor ver meus filmes no silêncio do recinto sacrosanto do meu lar, mesmo numa tela menor.
.........................................
Bem..pois é...a única coisa que amei no filme, foi a participação de Elke Maravilha. Essa pessoa, esse mito, essa figura misteriosa, que ninguém sabe a que veio, mas que representou um papel importante nessa época e ainda representa, mostrando uma cara enfeitada e uma cabeça inteligente. Tudo que eu já sabia e admirava nela também.
O resto..espero que gostem.
E nao esqueçam de tomar um calmante antes de ir ao cinema, mas isso é pra quem é educado e chato que nem eu.

4 comentários:

Pequenos Escritos disse...

Estou com vontade de ver o filme. Mas, sem cinema aqui em Ita, tenho que esperar o dvd.

your disse...

phentermine nice :)

Cândida Bárbara disse...

quero ver este filme...talvez hoje...mas é bom escolher bem o cinema...uma vez fui assistir "As Horas" em um cinema q tem histórico de só passar filme de ação, além de ser bem baratinho e ainda caí na besteira de ir em dia de promoção para estudante...já viu, né...sai no meio do filme...

your disse...

phentermine nice :)