Siga-me.

27 de setembro de 2006

Cinza claro..

Na segunda a noite, prá completar meu dia "segundêmico" e "tepeêmico", lá em casa, a noite, faltou energia (enquanto eu estava tomando um café com minha amiga Lívia), dando pau, como sempre, na minha conexão a rádio. Tive um pesadelo horroroso nessa noite de segunda prá ontem com meu sobrinho que amo, acordei chorando, nem vou contar, porque só em pensar no tal sonho, me dá vontade de chorar. Chegando no escritório ontem, o "Lerdox" (Velox, pra alguns) também deu um pau geral. Uma reunião bem ácida com um cliente a tarde no primeiro horário, depois, outra menos, mas, decisiva em decisões que precisam ser efetivadas a extremo curto prazo. Chego em casa, nada de internet. Tudo bem, vou bordar, já que é algo que amo fazer e transcende a tudo o que faço sempre... Comprei miçanguinhas lindas na rua, coloridas, diversas...meu filho chega, conversa algumas coisas, comemos cachorro-quente, ele vai dormir cedo e eu, bordo, vou assistir TV, a final de um programa legal que sempre assisto por acaso: "O aprendiz", com aquele "caradebonecogringo", Roberto Justus. Vou deitar. Não recebi nenhuma mensagem de boa noite, como algumas pessoas costumam me mandar, me deixando até com saudade e com um certo..vazio..Bem..
O dia hoje acordou cinza, um cinza claro. Meio friozinho. Diferente de ontem que foi um calor infernal, até choveu a noite. Lá em casa tava sem energia de novo, sem internet, por conseguinte. Andando hoje, bem mais cedo que o habitual pro escritório, vinha respirando bem fundo, mentalizando uma brisa de mar, algo assim, pra encher os pulmões..
Vinha ali pedindo a Deus que meu dia seja bom. Pedindo proteção, sabedoria, sacação, paz, calma, livramento das pessoas ruins, desejos bons e principalmente saúde.
É que acredito muito pouco ou quase nada nessas ondas de rezadeiras..mas..se acreditasse muito ou um pouco, já teria ido ontem. Prefiro recorrer logo ao mangangão, que é Deus.
Essa semana tá meio cinza claro..E eu ainda estou de TPM.

4 comentários:

Estela Carvalho disse...

Acredite mais, nas rezadeiras! Funciona. Deus tem outros seres iluminados que estão próximos a ele e que também podem interceder por nós. Imagina se ele, coitado, sozinho, daria conta desse recado? Afinal, é só uma humanidadezinha pra cuidar...
:-)

Sua Amiga Cindy disse...

Como eu digo sempre "Tudo Passa"... Eh soh fase amiga!!!!
Bjx

Nill Costa disse...

Bordando???..... não conhecia esse seu lado!!! Ta vendo ai,que mulher de verdade é Amélia nada. Mulher de verdade é Helena.....
hehehhh
bjaox
depois lhe darei o mel.ok?!

Aguiar disse...

A questão não é acreditar nas rezadeiras, mas ficar ligada na imensa quantidade de energia que há em cada um de nós e que é ativada quando acreditamos (especialmente em nós mesmos) e desativada quando desacreditamos ( ah, a submissão total à razão). Essa "racionalidade" não combina com alguém tão emocional como demonstras ser em teu "diário" aberto.