Siga-me.

12 de setembro de 2006

Uma poesia pra começar o dia...

Volta em Aberto
(Paulo Leminski)

Ambígua volta
Em torno da ambígua ida,
quantas ambigüidades
se pode cometer na vida?
Quem parte leva um jeito
de quem traz a alma torta.
Quem bate mais na porta?
Quem parte ou quem torna?

Nenhum comentário: