Siga-me.

6 de janeiro de 2007

..Conspiração cósmica inefável..

Muito bom deixar que o cosmo conspire por você. Depois de uma semana num processo pra sair de casa durante o dia, no marasmo que me toma quando tô me sentindo "de férias", e, ainda por cima saindo quase todas as noites com amigos e aspirantes prá rir, beber e as vezes namorar, resolvi, depois de acordar tarde, tomar um banho demorado, ir ao centro da cidade resolver uma pendência bancária minha e outra da empresa. Poderiam ser adiados, mas, encasquetei que tinha de ser ontem. Antes de sair, eita!..esqueci o inseparável óculos escuro. Subi as escadas e fui descendo. Ai, que chato...subi as escadas de novo pra ver se estão fechadas as janelas, porque aqui chove sem a gente imaginar que vai chover. Desço finalmente. Chegando perto de um orelhão, embaixo do meu prédio, fui olhando, olhando...e só vi alguém largar o telefone e abrir os braços prá me abraçar. Ganhei meu dia. E vi que se tivesse saído quinta, não iria sair sexta, que se não voltasse prá buscar os óculos, o "grande encontro" não aconteceria. Que se não houvesse a possibilidade da chuva...Tudo tem que ser na hora certa, no momento certo mesmo e quando a coisa toda tem que acontecer, não adianta. Fiquei muito feliz. O abraço demoraaaaaaaaaado, o telefone lá pendurado..hehehe...o olhar, a alegria pelo encontro. Conspiração cósmica, para me fazer entrar 2007 acreditando mais ainda na velha frase de Caetano: "incrível a força que as coisas parecem ter, quando elas precisam acontecer". Vou esperar mais ainda, porque, um dia, senti algo que só começou. Vou ser bem paciente e sem dizer nada, esperar apenas.

Um comentário:

Sua Amiga Cindy disse...

Isso aih... 2007 comecando com emocoes fortes!!!!!!!! hehehe
Uma delicia essas sincronias neh???
Realmente, nao adianta... "incrível a força que as coisas parecem ter, quando elas precisam acontecer".