Siga-me.

5 de janeiro de 2007

O Ilusionista.

Fui ver ontem, achando ser uma coisa, pela sinopse, e foi outra. Não gostei. Fora o cinema cheio demais, por conta de férias, etc, e uma senhora muito bem educada pela aristocracia sertaneja, que atendia o celular mil vezes e ainda falava alto, alternando entre crises de tosses horríveis, o filme tem uma sinopse atraente, mas quando, você começa a ver, esbarra num filme comum, que tenta, no final, se redimir, com um final que um imbecil qualquer acharia incrível e surreal. Eu não achei. Só achei o mocinho com cara de bandido e o bandido com cara de mocinho. Aliás, único aplauso meu a Rufus Seewell (Príncipe Leopold) que já tinha visto em Lenda do Zorro, A (The Legend of Zorro, 2005), Helena de Tróia (Helen of Troy, 2003), Coração de Cavaleiro (A Knight's Tale, 2001). Excelente interpretação. Mas o Ilusionista não me iludiu em nada.

2 comentários:

Nill Costa disse...

Com uma resenha dessas... me recuso a ver. Heheheheh

Sua Amiga Cindy disse...

Astrogilda tah lhe tirando do serio hem amiga??? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK