Siga-me.

24 de janeiro de 2007

Os biscoitos.

No aeroporto, uma moça estava aguardando o horário de seu avião. Decidiu tomar um café na lanchonete enquanto lia o jornal. Comprou um saco de biscoitos, deixou suas coisas junto ao balcão e foi buscar o café. Quando voltou ao lugar onde tinha deixado a bagagem, um homem estava sentado ao lado, comendo seus biscoitos, despreocupado. Irritada com a "cara de pau" daquele desconhecido, ela tirou um biscoito do pacote para mostrar que aqueles biscoitos eram seus. O homem não disse nada e tirou outro biscoito. Ela tentava ler o jornal, mas sua irritação ia crescendo, pois o homem continuava a comer biscoitos, descontraidamente. Quando sobrava apenas um biscoito no pacote, ele o partiu ao meio, comeu metade e se levantou sem dizer nada. Completamente furiosa, a moça comeu a metade que tinha sobrado do biscoito e fechou o jornal. Quando abriu a mala para guardar o jornal, encontrou o seu pacote de biscoitos dentro da mala, intacto. A irritação deu lugar à vergonha. E, em um segundo, sua opinião sobre o homem transformou-se completamente! Muitas vezes, em nosso dia-a-dia, nossa percepção dos acontecimentos pode não corresponder exatamente à realidade. Precisamos estar muito atentos, para não sermos injustos na nossa maneira de ver as coisas. Precisamos também levar em conta o ponto de vista das outras pessoas, para que tenhamos uma noção mais completa dos fatos. Se tivermos essa idéia sempre presente, já estaremos enxergando muito melhor o mundo ao redor.

Um comentário:

sua amiga cindy disse...

Crescer, crescer... sempre...
E que Deus ajude a nos todos!!!! :)