Siga-me.

9 de agosto de 2007

...


Corre, vai ver a lua.
Porque a lua me convidou para um belo passeio.
Passeio pleno de sonhos...
Ela mirou a face de Deus.
Fez-se imagem e semelhança e destronou o anjo maior.
Seu olhar foi colocado no lugar.
Das serpentes isoladas nada se via.
Só as criaturas celestiais, se despindo, para me ver passar.
No belo passeio.
Nefasto, psicodélico.
Nada mais lhe resta senão contemplar.
A face da lua me levando pela mão.
Me fazendo rir dos astros e das estrelas.
Rompendo as nebulosas.
Cruzando a velocidade do tempo e da luz.
Corre, vai ver a lua, antes que ela me leve de vez.
E nunca mais seus olhos me vejam.

Nenhum comentário: