Siga-me.

24 de setembro de 2007

Retro-ceder.

Fazer o retorno, voltar de um lugar, pelo mesmo caminho, nunca é fácil. Numa analogia mais tosca, diria que para voltar num caminho assim, o que claro se perfaz em voltar pelas mesmas curvas, pelas mesmas pedras, passar pelas mesmas paisagens, o regresso, ao seu lugar de origem, é modificado apenas condicionado ao seu estado de espírito mesmo. Não adianta. Se só existe um caminho para ir e voltar, óbvio que se tem que começar a buscar soluções confortáveis para regressos agradáveis. Só um desabafo pensante..

Nenhum comentário: