Siga-me.

1 de março de 2008

Des..ou dez...abafo.

1) Fico grata à vida pelos baixos e altos.
2) Agradeço pelos genes que me foram repassados, não abertos à depressão, aos vicios, nem à auto-depreciação.
3)Agradeço aos céus pela plena consciência da proximidade Divina, lúcida e sóbria.
4) Me ensoberbeço pela minha capacidade de cair e levantar, dentro de uma disciplina e de uma empáfia saudável.
5) Não, eu não posso me dar ao direito de me enclausurar, de me abster de enfrentar as coisas que a vida me tras. Sou parte dela. Sou parte de uma história alucinante.
6) Preciso estar ativa, sempre. Os dias são maus e as pessoas também, mas as delícias que me sobram são multiplicadas à medida que as supervalorizo.
7) Sou a medida do que recebo e absorvo.
8) Minha intuição é absurdamente aguçada e, ao menor sinal de energias ruins, sei sair fora.
9) Brigo sim. Bato cabeça quando a coisa ta rock'n roll.

10) No mais, vou...

Nenhum comentário: