Siga-me.

21 de março de 2008

Stanbdby...

Acabei o namoro, casamento, sei lá o que é, ontem. Não gosto de suspeitar de traições. Sou realmente ciumenta e extremamente desconfiada. Não aceito que me digam uma coisa quando foi outra, com certeza. Digo com certeza porque a pessoa vai soltando as coisas que voce antes desconfiava apenas, e que realmente eram verdade, ou poderiam ser ou se tornarem verdade. O caos se instaura. Sejamos sinceros, honestos, leais uns com os outros. É lindo ser leal e sincero, mas antes, seja também coerente com seus desejos, sem esquecer das consequencias. Não houve traição, mas, o simples fato de se pensar nisso já me deixa ressabiada e sinto vontade de sair fora, por não querer esperar que um dia talvez se concretize e eu sofra de novo com isso. A tristeza e o desespero nele são visíveis. Quem sabe ele não consegue fazer o caminho de volta na reconquista e voltemos, afinal ainda há muito, bastante sentimento e outros desejos....Não, eu não quero fazer ninguém sofrer, mas...

...antes ele do que eu.

Nenhum comentário: