Siga-me.

14 de outubro de 2008

Nó e nós.


É, quero um amor de dar .
Nó nas alianças. Nós na dor e na esperança em dias ruins.
Nós nos cachos dos seus cabelos
Nó nos seus dedos nos meus.

Eu quero um amor que dê um em pernas, em braços.
Nó nas línguas. Nós na cama.
Quero um amor que seja um nó de marinheiro.
Que não solte mais. Nós em qualquer lugar.
É, quero um amor que dê um .
Nó nas idéias, no coração, na boca, nos desejos.
Nós nos gozos. na vida. no sexo, na delícia dos dias.
Nós: sorrisos.

Eu quero um amor que dê um no olhar quando olhar.
Dê um nó cego. Nós cegos, enlouquecidos.
Quero um amor que dê um só de pensar.

Nós no passo. Nó em tudo.

Um em nós.

Nenhum comentário: