Siga-me.

12 de fevereiro de 2009

Que boa notícia!

HIV desaparece com transplante de medula

(BR Press*) Um norte-americano de 42 anos, infectado pelo HIV, o vírus da Aids, por uma década, está livre do mesmo, desde que foi submetido a um transplante de medula óssea há dois anos, em decorrência de leucemia. O homem é o primeiro a ser "curado" da Aids em todo o mundo e seu caso foi publicado nesta quinta (12/02), no The New England Journal of Medicine.

A publicação diz que "o caso aponta para um caminho inovador para que as pessoas se livrem do vírus e dos efeitos colaterais dos remédios". O transplante de um doador aparentemente resistente genéticamente ao HIV foi feito por médicos do hospital Charité Hospital, que fica em Berlim.

Complicado

Dr. Gero Hutter, hematologista que coordenou o transplante, disse que achar o doador certo de medula óssea e fazer o procedimento ainda são muito complicados e de alto risco para serem adotados como tratamento de rotina. No entanto, a descoberta traz a possibilidade de utilização da terapia genética para controle e erradicação do vírus.

Os antiretrovirais que o homem em questão tomou por quatro anos antes de ter leucemia custam cerca de 70 mil por ano e o transplante cerca de30 mil, na Europa. Dr Hutter declarou: "Quando eu comecei na medicina, o HIV era completamente intratável. Agora, a situação mudou completamente. Talvez nossa descoberta seja uma gota de esperança para o futuro."

Informações do jornal The Independent.

Nenhum comentário: