Siga-me.

2 de dezembro de 2009

"É com você Lombardi!?..."

Eu hoje fiquei triste por alguem que nunca vi. Alias, ninguem nunca viu, só ouviu. Lombardi morreu. É, eu fiquei triste, lamentei, não por conhece-lo, mas por uma nostalgia que de vez em quando chega, acho que a qualquer um. É ruim saber que Michael Jackson morreu, Patrick Swayze (de Ghost), Farrah Fawcett, tantos que marcaram minha infancia, adolescencia de uma forma ou de outra..estão indo, desaparecendo.. me lembra uma coisa, que tenho sim que a cada dia ter mais e mais respeito pelos mais velhos, sabe por que? Porque eles tem historias pra contar e, por certo, tantas nostalgias, tantas perdas, tantas historias vividas. Eu estou vivendo minha historia e ficando velha tambem, já perdi tanta gente, inslusive minha mãe, o personagem principal dessa trama toda. Tô triste. Tô triste. A imortalidade é sempre algo desejado, quando o que a pessoa traz é coisa boa. Eu queria que todos estes e outros mais fossem realmente imortais. Ainda bem que são artistas, e nos doam de certa forma uma imortalidade, menos mal..mas mesmo assim, dá uma sensação de perda, de saudade, de nostalgia mesmo de bons, muito bons tempos. Mas Deus sabe o que faz, Ele é o dono da historia. Então, parafraseando Lombardi: "É com você, Senhor da Historia.."....


Um dos raros vídeos em que Lombardi mostra o rosto:

Nenhum comentário: