Siga-me.

25 de abril de 2010

Vi Alice em 3D.


Quando eu recebi aquele óculos meio "Marcelo Nova' na entrada do cinema, olhei pra ele e pensei: "Isso vai mudar o que mesmo?".. Sentamos na primeira fileira do cinema, porque já estava lotado. Sem problemas. Minutos depois as luzes se apagaram e eu coloquei o tal óculos. Minha vida mudou dali em diante. O que eu via ali era uma sensação entorpecente. Os trailles dos filmes já eram os em 3D e não há quem não sinta o que eu senti ali. É deslumbrante e sensacional! "Alice no País da Maravilhas" começa e fico sinceramente sem palavras prá descrever como aquilo é gostoso! As cenas fantásticas, entrando e saindo dos olhos, num 360, 180 graus deixam você embasbacado e orgulhoso de viver nessa geração, sem exageros. As borboletas voam em sua direção, o 'Gato de Alice' e suas aparições lindas e encantadoras, Johny Depp com seus olhos estatalados olhando nos seus bem de perto, as novas dimensões das quedas, do céu, dos monstros, das rainhas Vermelha e Branca (destaque pra ela, que adorei, com seu jeitinho todo sempre delicado).

Já posso morrer, vi "Alice" em 3D.

Nenhum comentário: