Siga-me.

13 de junho de 2010

Melhor impossivel.


Quem vai me convencer que Dia dos Namorados é uma data legal, alegre, festiva, hein? Com namorado ou sem, acho uma chatice. Dar e receber presentes é bom de qualquer forma e mais ainda quando é fora de datas assim, vamos combinar. Mas é que eu sou chata mesmo. Odeio restaurantes cheios, gente demais nas ruas, os restaurantes e bares que frequento com as 'minhas' mesas tomadas (Humpf!), e a la Nelson Rodrigues: "Nada mais ridículo que casalzinho apaixonado". E a agonia de ter que fazer isso ou aquilo porque é dia de namorado? Quando estou enamorada, já prefiro ficar mesmo em casa no quentinho, do que ir pra rua numa noite dessas, me aventurar a enfrentar filas, ser mal atendida e ainda voltar pra casa com cara de frustrada por nem ter conseguido a façanha de entrar num motel, pelas filas intermináveis. Não..ainda bem que, mesmo estando sem namorado esse ano (ah, ta..por opção sim..Oi?) me refastelei em minha cama, com minhas dezenas de filmes, minhas bacias de pipoca, minhas pantufas, livros, estudos e ta tudo lindo. Tudo lindo no Dia dos Namorados, meu amor!

Nenhum comentário: