Siga-me.

20 de agosto de 2010

O som do silêncio.

Assim sintetizou o cartunista Laerte quando disse estar ouvindo pouca música:

“Eu também gosto de música, mas não do que virou música. Essa presença compulsiva e compulsória de qualquer forma de som, o tempo todo, de todas as fontes em todos os volumes.

É por gostar de música que eu busco o silêncio.”

Nenhum comentário: