Siga-me.

9 de novembro de 2010

O DESAFIO DO NORDESTE

Eu te desafio,"cabra da peste"
A vir colocar seu pezin branco e macio
Na quente aridez do chão 
No sertão do nordeste.
Eu te desafio, "cabra da peste"
A ter uma única refeição diária
Pra trabalhar no calor da roça
De sol a sol
Sem ter água pra regar a plantação
Do sustento dos teus “moleque”. Eu te desafio, "cabra da peste"
A andar 15 km diários
Pra ter um ensino precário
E prestar concurso e vestibular 
No meio de quem teve todos os livros 
E ainda internete.
Eu te desafio, "cabra da peste"
A ficar doente 
E não ter acesso a tratamentos de saúde
A aguentar a dor com chá de ervas
Com fé em Deus, em padin Padre Cícero
E na ladainha da rezadeira, Dona Dete.
Eu te desafio, "cabra da peste"
A fazer o trabalho pesado do “seu” Estado
E ainda sorrir pra dançar o “Chiclete”.
Eu te desafio, "cabra da peste"
A viver em um barraco de "compensado" e barro
Sem água e energia
Sem uma caminha pra tuas fia
E ainda ser calmo, cordial e alegre.
Eu te desafio, "cabra da peste"
A viver sendo xingado
Maltratado, desrespeitado e mal julgado
E ainda, lutar, perseverar e seguir...
Quero ver se tu consegue.
Fique ligado, "cabra da peste"
Porque se resolvemos desertar do “seu” Estado
Seu estado pode virar um “Nordeste”.
E não seria ruim não, "cabra da peste"...
Ia ser bom pra evoluir tua alma
Prepotente, arrogante 
E te fazer cabra que preste.


Eu te desafio "cabra da peste"! 


..............
Lori DiEL 
http://soundcloud.com/soda-bruxa
http://www.myspace.com/sodabruxa


...............
Oportuníssimo, em tempos de xenofobia, de quem não pensa, como por certo pensa uma cabeça destas que consegue fazer versinhos tão legais.

Nenhum comentário: