Siga-me.

12 de janeiro de 2011

Terça.

“..Tinha esquecido do perigo que é colocar o seu coração 
nas mãos do outro e dizer: toma, faz o que quiser...”
(Caio Fernando Abreu)

Um comentário:

Alvarêz Dewïzqe disse...

mas vale a pena, Helena, ainda mais quando não está na mão de ninguém.