Siga-me.

16 de setembro de 2016

Lá.


Eu sou assim hoje, mas é que eu mudei. Refiz caminhos várias vezes até mudar. E quem sabe amanhã não vou refazer de novo o mesmo caminho, agora mudada, melhor? Bater no peito e dizer que é assim mesmo e vai morrer assim? 

Precisa mudar.

Nenhum comentário: